Neurofisioterapia – especializada em Doença de Parkinson

Neurofisioterapia? Possivelmente, ainda não ouviu falar. Esta é uma área da fisioterapia pouco conhecida. Mas, afinal em que é que consiste e a quem se destina?

neurofisioterapia, também conhecida como fisioterapia neurológica é a área da fisioterapia que se dedica ao estudo, avaliação e reabilitação de pessoas com patologias e/ou lesões neurológicas. Esta ciência procura reabilitar os doentes não só do ponto de vista funcional (equilíbrio, quedas, coordenação, marcha, postura, escrita, dor, entre outros) como também da qualidade de vida, interacção/participação social, actuando também ao nível da atenção, memória associativa, fluência do raciocínio e bem-estar mental destas pessoas.

A Neurofisioterapia trabalha a prevenção de complicações da doença neurológica que mais tarde irão surgir, permitindo reduzir o ritmo de progressão da doença e conservar a autonomia do doente durante mais tempo, melhorando a sua qualidade de vida a curto, médio e longo prazo.

Um aspeto importante desta intervenção, centra-se na preocupação não só em termos do tratamento físico mas, também, no tratamento focado nas tarefas cerebrais responsáveis pelo próprio movimento. Isto é, mais do que conhecer a progressão da doença em termos do que se revela fisicamente, é crucial conhecer o porquê de esses problemas físicos acontecerem, em termos da ação cerebral e assim trabalhar as componentes necessárias para retardar esses acontecimentos, não só com trabalho físico mas também cognitivo e sensorial associado às tarefas físicas.

Deste modo, a neuro Fisioterapia é um modelo onde se utiliza uma complexidade progressiva, através da variação do estímulo, do contexto e da própria tarefa em si. Esta complexidade é atingida através da aplicação de cargas sensoriais, cognitivas e motoras e ainda aumentando a intensidade e a dificuldade das tarefas motoras.

Quer saber se esta fisioterapia é adequada para si? Fale connosco.