a osteopatia e a biotensegridade

Porque é que o osteopata faz uma análise geral do meu corpo, quando tenho apenas uma dor localizada?

A biotensegridade é uma propriedade de corpos cujos componentes usam a tracção e a compressão de forma combinada, de forma a proporcionar-lhes estabilidade e resistência.

A maioria das estruturas biológicas (incluindo os músculos, ossos e tecidos do nosso corpo), funcionam numa relação de resistência à tracção e compressão entre as partes que os constituem.

Podemos designar biotensegridade como uma relação entre forças contrárias de tracção e compressão. Enquanto que a tracção (puxar/convergência) é contínua, a compressão (empurrar/divergência) é descontínua. Neste sistema, a tracção e a compressão equilibram-se num círculo vectorial fechado onde os vários elementos tendem a manter a estabilidade da estrutura. Esta “união entre pares opostos” equilibra o nosso organismo.

Daí que uma dor/disfunção numa determinada zona, possa estar relacionada com outra zona completamente oposta, e seja necessária uma avaliação global e aprofundada de toda a estrutura.